O Cinema como atividade terapêutica, possui um caráter lúdico tanto de ensino quanto de aprendizado. Além de ser um auxiliar nos processos psicoterápicos, une pessoas com a mesma frequência a fim de proporcionar interferências positivas em seus processos de simbolização e ressignificação.